terça-feira, 30 de novembro de 2010

AUMENTE SEU APETITE SEXUAL...

As preliminares são importantes porque elas desencadeiam a resposta sexual, a química do sexo se inicia e a excitação vai aumentando. Neste processo a mulher sofre mudanças na sua genitália: a vulva aumenta, a lubrificação aparece, ocorre o alongamento da vagina. Tudo isto para poder receber o pênis sem qualquer incômodo ou dor.
Quando falamos de preliminares falamos do uso dos 5 sentidos: gustação, olfato, visão, toque e a audição. Definimos os sentidos como uma porta de comunicação do mundo exterior e do interior. Nada chega ao intelecto sem passar pelos sentidos. Qualquer toque, qualquer visão, qualquer odor tem uma interpretação em nosso cérebro, que é o principal coordenador sensorial em homens e mulheres e processa todas as informações, direcionando a resposta sexual pela liberação de neurotransmissores, que agem nos diferentes receptores periféricos do corpo.
A análise total e as interpretações destas mensagens determinam a resposta final aos estímulos. A mensagem é mais efetiva quanto maior for o número de modalidades sensoriais utilizadas. O ato sexual é basicamente uma atividade sensorial que utiliza os cinco sentidos.
As preliminares são tão importantes para o homem quanto para a mulher, pois sem o uso dos cinco sentidos, utilizados nas preliminares, a resposta sexual é inibida e aparecem as disfunções sexuais: a diminuição do desejo, a disfunção erétil, a dificuldade do orgasmo e a dor na relação sexual. Podemos dizer que o dia a dia conspira contra o sexo, pois é difícil conciliar a família, os amigos, o trabalho e os nossos interesses pessoais.
Podemos ainda adicionar a todo este stress a situação financeira do país (sempre instável), outros problemas que afetam o nosso controle emocional e principalmente o envelhecimento inevitável do nosso corpo. Por tudo isso, teremos em um curto espaço de tempo algum tipo de disfunção sexual, de maior ou menor grau.

Saiba Mais
Eles só pensam naquilo
Contato íntimo na relação sexual
estável diminui desejo Resgatar as respostas sexuais de quando jovens não é impossível. Lembra do gostoso arrepio na nuca, o desejo incontrolável de ir para a cama após muitos beijos, as fantasias sexuais e o tremor do corpo quando tocado pela pessoa que desejamos. Para isso devemos manter a nossa sexualidade sempre vibrante e presente para evitar que o desgaste da rotina leve os casais a serem somente bons amigos e ex-amantes...
Muitas mulheres gostariam que os seus parceiros praticassem mais as preliminares do que a penetração rápida. A melhor forma de um crescimento sexual no casal é um diálogo verdadeiro e dar espaço para mudanças com a intenção de resgatar momentos maravilhosos. A mulher deve ensinar quando, onde e como gosta de ser tocada. O homem muitas vezes gosta de mulheres mais ousadas, que demonstram a sua excitação...
Mantendo nossa auto-estima elevada e tentando ter uma vida mais feliz com o que somos e com o que temos, com certeza seremos mais felizes com aqueles que nos cercam... O sexo ideal se conquista com o amadurecimento do corpo e principalmente da mente. Nesse relacionamento maduro desenvolvem-se alguns dos valores mais significativos para o ser humano: afetividade (muito amor), compreensão, segurança e cabeça aberta para possíveis mudanças.
A melhor forma de um crescimento sexual no casal é um diálogo verdadeiro e dar espaço para mudanças com a intenção de resgatar momentos maravilhosos...
 Este é o caminho!!!!!

Uma linda noite a todos...bjs carinhosos...Mar...

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

A HISTÓRIA DO STRIP TEASE


O Strip Tease nasceu na década de 20 por causa de uma disputa pela atenção do público no show business norte americano. Os teatros chamados burlescos perdiam terreno para o avanço do cinema como diversão de grandes platéias. A solução encontrada foi colocar jovens bonitas tirando a roupa ao vivo, fazendo a audiência dos teatros.
Rose Louise Hovick (1914-1970) mais conhecida como Gipsy Rose Lee foi um grande nome do Strip-Tease. Rainha do Burlesco, dizem que ela foi à inventora desta arte, mas em um texto no museu do sexo (Mosex)de New York diz que, ao contrário da crença popular, Louise Hovick não inventou o Strip-Tease pois em 1.927 muitas garotas já ficavam peladas no teatro dos quatro irmãos Minskys, na Broadway.


A história aponta Gypsy Rose mais por suas formas do que por seu pioneirismo, e além das formas ela criou a maioria dos trejeitos desta arte, como alguns pequenos gestos, girar e atirar as ligas para a platéia e outros. Naquela época o que mais excitava um homem era a curiosidade, por esse motivo que elas nunca tiravam a parte de baixo do lingerie.
No famoso filme Striptease, Erin Grant (Demi Moore) também arrasa em um Strip-Tease, sem ficar completamente nua. Em outro filme recente intitulado Femme Fatale, Rebeca Romijn fez um Strip-Tease belíssimo, muito sensual, ficando somente de lingerie e, com certeza, os homens que assitiram essa cenas ficaram muito excitados.
A tradução do nome Strip-Tease é tira e excita.Tirar a roupa de uma maneira especial é fascinante e excitante. Essa arte existe ha anos e sempre esteve em evidência, porém nestes últimos anos, temos havido um aumento de interesse muito grande por mulheres de quase todas as idades, inclusive as casadas!
A arte do tira e excita é algo fascinante...pena que muitas mulheres não entendem isso...e com isso
deixam de viver momentos maravilhosos com seu parceiro....
Não é qualquer homem que merece ganhar um strip tease...e nem uma performance para fazer no
primeiro encontro...é só para aquele homem que realmente mexe com suas estruturas...aquele que
quando vc olha nos olhos sente a pele arrepia...aquele papo de borboletas no estômago....é bom por aí....
Então meninas...apostem mais na sua capacidade de seduzir...curta viver momentos de grande prazer
e com isso vc se tornará uma mulher inesquecível....pois todo homem que é agraciado com um strip nunca
mais vai esquecer desse momento....não é verdade meninos??????
Linda semana apara todos vcs....hj vou passar nos blogs deixando um cheiro em cada um....
Bjs carinhosos....Mar...

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

PARABÉNS PARA CRYS E PARA EUZINHAAAAAA....

Queridos hj eu e a Crys estamos fazendo a aniversário....e acreditem vcs...eu e ela nascemos no mesmo dia, no mês mês e no mesmo ano....ou seja...ambas completando 39 aninhos.....
Parabéns para vc minha amiga e madrinha querida....que Deus te abençoe mais e mais a cada dia....
E obrigada a todos que enviaram e-mail, torpetos, que ligaram....gente o Léo (Cond) já me ligou cedinho...
Léo...ti adoro meu aluno preferido....e sempre muito aplicado....Miss minha amiga linda de viver que já me enviou mnsgm na madrugada...Jotinha...ah Jotinha....vc sempre um cavalheiro encantador....enfim...obrigada a todos vcs que estão sempre aqui....bjs carinhosos....Mar...

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

EXERCÍCIOS DE POMPOARISMO MASCULINO...

EXERCÍCIOS PARA : FORTALECER A EREÇÃO, CONTROLAR A EJACULAÇÃO, PROLONGAR A DURAÇÃO DO ATO SEXUAL, AUMENTAR SEU PRAZER, EXPERIMENTAR ORGASMOS MÚLTIPLOS


Estes exercícios ajudarão a trazer mais consciência, vida e energia para seus órgãos sexuais, e com maior consciência, você saberá exatamente quando parar de se estimular, antes daquele ponto sem retorno.
Isto é a chave para os prazeres ilimitados. Uma nova dimensão espera por você.
Seja paciente e gentil com você mesmo, alguns exercícios podem ser combinados com outras atividades diárias, como; dirigir, no escritório, assistindo TV, e é claro, quando você faz amor.
Em primeiro lugar, vamos preparar o corpo para poder receber estes prazeres.
Faça isso todo dia, pelos próximos trinta dias e você verá resultados fantásticos.
Os primeiros dois passos são:
A respiração
O exercício de alguns músculos
Você já notou sua respiração enquanto está muito excitado? Você respira pela boca e enche o peito de ar, criando tensões desnecessárias ao seu corpo.
A respiração natural é o primeiro segredo para expandir e prolongar seu prazer sexual.
É a chave para gerar altos níveis de excitação, conter essa energia no corpo e relaxar.
A respiração natural e consciente ajuda você a ficar mais presente, prolongando seu prazer sexual, expandindo toda a carga erótica pelo seu corpo, e desta maneira você poderá ter mais e mais prazer.
Escolha um lugar tranqüilo, calmo, onde ninguém o perturbe. Vista roupas bem confortáveis, ou fique nu como você se sentir melhor.
Sente-se confortável, com a coluna reta, e simplesmente comece a notar sua respiração, sem querer mudar nada, veja se é profunda ou rasa, se você respira no peito ou na barriga, se é rápida ou lenta. A respiração é a nossa mais íntima conexão com a vida.
Agora inspire profundamente pelo nariz, relaxe os músculos abdominais, e enquanto você inala, deixe que seu abdômen se expanda. Agora exale, soltando o ar pelo nariz.
Fique consciente do intervalo natural entre inalar e exalar
Isso, repita, inale e deixe seu abdômen se expandir, enquanto você enche seu pulmão de ar, agora exale, continue respirando, inale e exale, sinta o ar entrar e sair.
Esta é a respiração natural. E através da respiração natural seu corpo se torna mais saudável e sensível para o prazer.
Agora vamos para o segundo passo: exercitando alguns músculos.
Você sabia que tem em seu corpo alguns músculos que usados devidamente, pode aumentar sua excitação, manter sua ereção mais forte e por mais tempo, controlar sua ejaculação e prolongar seu prazer?


Mas simplesmente saber desses músculos não é o suficiente, temos que exercitá-los.
Estes músculos são chamados de pubocoxígeno e músculos do esfíncter anal.
Vamos começar com o primeiro, o pubocoxígeno. Onde está ele?
Músculo pubocoxígeno é aquele músculo situado no períneo (região entre o órgão genital e o ânus) que entra em ação quando interrompemos o fluxo da urina.
Para você poder localizá-lo e familiarizar-se com ele, quando você for urinar, interrompa o fluxo algumas vezes, você vai saber exatamente qual é e onde ele está.(coloque a mão para senti-lo)
Depois que você localizou este músculo, vamos iniciar os exercícios.
Primeiro exercício:Toda vez que você for urinar, interrompa o fluxo da urina por varias vezes, você pode começar este exercício pela manhã, quando acorda naturalmente com a bexiga cheia.
Segundo exercício: Sente-se confortavelmente com a coluna reta, comece a contrair o músculo pubocoxígeno (MPC) em rápidas e curtas contrações (10 a 30 vezes), coloque toda a atenção nesta área, até se sentir bem com isso, você sentirá seu pênis se mover enquanto contrai o MPC.
Agora vamos fazer isto junto com a respiração Enquanto você inala, contraia o MPC, segure (conte até seis) exale, solte e relaxe o MPC, lembre-se relaxar este músculo é tão importante quanto contraí-lo. (faça isto de 30 a 100 vezes). Sinta se existe alguma sensação na sua área genital.
No começo deste exercício é normal que você contraia a barriga e o músculo anal.Com a prática você vai conseguir isolar e exercitar somente o MPC.
Ok, vamos agora para o último exercício do MPC, para este exercício você deve estar despido e em pé diante do espelho.
Comece contraindo e relaxando o MPC, faça isso por 20 a 50 vezes, olhe seu pênis se movendo, pra cima e pra baixo, olhe os movimentos, assim, a medida que os músculos ficam mais fortes, os movimentos serão mais vigorosos.
Estes são os três exercícios do MPC.
Os benefícios de um MPC fortalecido são; melhora no seu desempenho sexual aumentando a sensibilidade, melhora na duração e no poder do orgasmo, e com o tempo e prática conseguir conter a ejaculação.
Agora vamos começar a trabalhar outros músculos; os músculos do esfíncter anal.
Primeiro exercício: contração anal.
Sente-se em uma posição confortável pra você, comece a tomar consciência de sua região anal, coloque o foco de sua atenção exatamente no ânus.
A tendência natural é contrairmos as nádegas, a barriga e as coxas. A única contração necessária e a do ânus, o resto do corpo fica totalmente relaxado.
Para você poder identificar este músculo, lembre-se de alguma vez em que você teve dor de barriga e teve que segurar, pois é exatamente este músculo.
Contraia e solte, note se você esta contraindo outros músculos, mantenha sua barriga relaxada, continue contraindo e soltando até você poder identificar bem este músculo.
Muito bem, agora inale e contraia o músculo anal, segure assim pelo tempo que for confortável para você.
Exale e relaxe o ânus. Relaxe seu corpo e sinta as sensações que isto provoca; sensações de calor, frio, formigamento são sinais de que o músculo esta trabalhando.
Faça este exercício por pelo menos 30 dias, começando com 25 repetições, aumentando gradualmente para 50 repetições, três vezes ao dia.
Lembre-se, isto requer prática, não se desencoraje, com o tempo você vai fazer este exercício perfeitamente.
No começo talvez você não consiga contrair e segurar por muito tempo, não se preocupe, pratique.
Este exercício tem benefício direto sobre a próstata, que controla a ejaculação, fazendo com que a ereção tenha muito mais vigor e libera você de tensões na área genital, que geralmente bloqueiam o fluxo de energia sexual.
As contrações do músculo anal com certeza vão aumentar sua excitação sexual, use isso enquanto você faz amor.


Segundo exercício: Movimentando a pélvis.
O propósito deste exercício é aprender o movimento correto da pélvis, combinado com a respiração natural.
Estes movimentos são essenciais para o ato sexual. Muitas pessoas não conseguem isolar e mover a pélvis.
Este método é muito simples e eficiente.
Deite-se de costas em uma superfície firme.
Dobre seus joelhos, até que seu calcanhar fique debaixo dos joelhos, mantenha a sola do pé totalmente apoiada nesta superfície.
O espaço entre os joelhos deve ter a largura de seus quadris.
Deixe suas mãos apoiadas ao lado de seu corpo.
Exale e levante sua pélvis, fazendo um arco com as costas, e quando inalar, volte a posição anterior.
Repita este movimento de 3 a 5 minutos, todo dia.
Deixe a parte superior do seu corpo totalmente relaxada, e faça os movimentos como se fossem ondas em sua espinha.
Estes movimentos soltam seu corpo, e ajudam a despertar o movimento natural do orgasmo.
Depois que você estiver familiarizado e com prática deste movimento, acrescente mais intensidade, fazendo junto contrações dos músculos que você exercitou antes; O músculo anal e o MPC (músculo pubocoxígeno).
Quando exalar, levante a pélvis contraindo o músculo anal e o pubocoxígeno, inale, relaxe os músculos e volte a posição anterior.
Outra variação deste exercício é fazê-lo de pé; abra suas pernas até que seus pés fiquem na largura dos ombros, dobre um pouco seus joelhos e faça os mesmos movimentos do exercício anterior.


Terceiro exercício: respiração, contração anal, do MPC , ponto de pressão da próstata, que fica localizado no períneo e conexão com o chakra do coração.
Massagear o períneo freqüentemente é ótimo para dores e desconforto nos testículos, especialmente depois de ter prolongado por muito tempo a masturbação ou o ato sexual, aliviando as tensões acumuladas nesta área.
O ponto da próstata fica exatamente no meio do caminho entre o ânus e os testículos, e é importante que você aprenda através de sua própria experiência qual é a pressão certa a ser aplicada neste ponto tão logo você sinta que a ejaculação está para acontecer, ou seja, um pouco antes do ponto sem retorno. Você pode usar esta técnica também quando estiver em uma relação sexual.


Neste exercício você estará praticando basicamente o controle da ejaculação, aprendendo a retardá-la e manter seu nível de excitação, mas lembre-se isso tem que ser feito um pouco antes que a ejaculação comece, porque uma vez começada, esta técnica não fará efeito.
Reserve um tempo só para isso, escolha um lugar que você se sinta confortável e que ninguém o incomode.


Comece a masturbar-se e estimular-se do seu jeito, como você costuma fazer.
Vá até aquele ponto um pouco antes do orgasmo e pare com toda a estimulação. Inale devagar e profundamente pelo nariz, retenha o ar (pelo tempo que for confortável para você). Simultaneamente contraia o músculo anal, o MPC e coloque seus dedos (três dedos do meio) no ponto de pressão da próstata e faça uma pressão firme. (segure assim até você exalar)
Exale, retire os dedos, solte os músculos e relaxe. Coloque sua mão direita sobre os genitais e a esquerda sobre seu coração e imagine, dirija e sinta essa energia do seu centro sexual movendo-se para cima, em direção ao seu coração.
Espere por alguns momentos, simplesmente sentindo as sensações.
Comece a se estimular novamente e repita os passos acima, faça isso várias vezes.(faça no mínimo quatro vezes, e no máximo o quanto você achar confortável e prazeroso).
Atenção: se você tem problemas na próstata, não aplique a pressão do períneo. A retenção de ar também e contra indicada para pessoas que tenham problemas cardíacos, úlceras e problemas de pulmão.
Se depois de tudo isso você quiser ter um orgasmo, ok, mas dirija-o do seu centro sexual para cima, da mesma maneira que você fez no exercício (esqueça as contrações, simplesmente sinta essa energia se movendo para cima), se não, fique com as sensações de sua experiência.
Lembre-se, esta pode ser uma experiência nova para você, portanto não fique muito preocupado com resultados imediatos, eles podem ou não acontecer logo de início.
O que vai determinar quando eles acontecerão são basicamente; o seu momento, a prática, sua entrega e abertura para novas experiências.


Obs: No começo você pode se distrair e perder a coordenação com a auto estimulação, respiração e as contrações, isso é normal, mas não desanime, com a prática isso deixará de te atrapalhar....

Pompoarismo masculino não é muito divulgado e muitos meninos ainda tem um certo preconceito...e eu sei disso...pois meu marido também foi resintente a idéia no começo...mas hj já usufrui  das vantagens de saber
controlar a sua respiração e prolongar o prazer...que é tudo di bom...então meninos aproveitem e comece a praticar os exercícios hj mesmo...suas parceiras vão enlouquecer...eu garanto...e quando ambos dominam
a arte do pompoar...nossaaaaaaa....o sexo se transforma em um momento de prazer intenso...e vc poder aproveitar o sexo dessa forma é delicioso....
Tenham um bom dia...e uma semana deliciosa....bjs carinhosos...Mar...

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

MULHERES TRAEM SEM CULPA...

Parte das mulheres está traindo sem ter um motivo aparente para isso e parece também em alguns casos não existir sentimento de culpa...

Mas o que leva à traição?????

A psicóloga Maria Helena Matarazzo lembra que o fato do casamento estar ruim, faz com que algumas partam em busca de envolvimento afetivo...
Mas é engano pensar que é só em busca de afeto que elas estão... A traição também é uma reação à monotonia sexual ou frieza sexual que se instala em alguns casamentos. Hoje a busca por uma vida sexual prazerosa e ativa não é mais uma prática estritamente masculina...
As desilusões com o relacionamento também acabam motivando a busca extraconjugal...
Outra queixa é de que alguns parceiros sempre se demonstram cansados ou distantes por excesso de trabalho...
Existem as longas separações motivadas por trabalho ou cursos. Muitos passam semanas e às vezes meses trabalhando ou fazendo um curso sem ter a possibilidade de voltar para rever a família, e nesses casos a carência pode se instalar em ambas as partes...
Fora isso, os conflitos, mágoas emocionais, lidar com as manias do outro o desgaste de lidar com os vícios. O consumo de bebidas ou drogas trazem à mulher uma sensação de insignificância e faz com que muitas fiquem mais atentas às suas necessidades de afeto e intimidade...
Novos tempos
Se antes as mulheres orgulhavam-se de ter um companheiro e entender que homens nem sempre eram afetivos ou interessados na qualidade afetiva/sexual do relacionamento. Hoje elas buscam um parceiro atento às suas necessidades. A falta de reciprocidade gera um sentimento de vazio, uma porta aberta para relações extra-conjugais...

Mas elas realmente estão traindo sem culpa?????

Essa pergunta sempre vem à tona. O crivo moral de nossa criação traz o sentimento de culpa por fazer coisas erradas e a infidelidade também estaria sob essa perspectiva...
Mas é fato que algumas mulheres começam a viver a infidelidade conjugal sem culpa. Muitas não enxergam na infidelidade sexual algo de errado, pois em seus relacionamentos “oficiais” a demonstração de carinho e o interesse sexual muitas vezes deixaram de ser o motivo de estarem juntos...
Muitos relacionamentos conjugais, por falta de investimento do casal ou por diferenças pessoais que surgem no transcorrer do tempo, perdem o caráter afetivo/sexual de conquista, desejo e prazer. Muitos passam a viver um amor amigo ou fraternal...
Para outras, essa busca pode ser uma autoafirmação, o sentir-se desejada, valorizada como mulher, a possibilidade de viver o prazer sexual com qualidade, a aventura, o “ideal” de sexo.
Existem também as que buscam relações de partilha: afeto, crescimento, amizade.
Infidelidade sinaliza que o relacionamento acabou????
As pessoas tendem a criticar, a julgar moralmente qualquer fala que sinalize traição. Sei que o tema ainda é difícil de ser tratado. Em muitos casos, onde o amor amigo está presente e existe a saudosa vontade de reviver e resgatar uma cumplicidade, é possível que haja um resgate da relação afetivo/sexual.
Em casos onde esse vínculo se desfez há muito tempo, sem julgar, é preciso entender o que mobilizou a infidelidade...
Muitas vezes a infidelidade pode ser uma forma de resgatar a sexualidade. Uma chance para o casal buscar esse (re) encontro bioquímico, que resgate a pessoa no prazer e na cumplicidade de sentir-se através e com o outro, um ser desejado e especial...

Queridos tenham um delicioso findi...e uma noite maravilhosa...e aproveitem que hj é sexta-feira...dia de realizar fantasias...e cometer muitas loucuras prazerosas....huuummmm...muitas idéias...rsrsrs...
Bjs carinhosos...Mar...

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

TENHO MAIS DESEJO DE FAZER SEXO DO QUE ELE...E AGORA?????

O que fazer quando um tem mais desejo de fazer sexo do que o outro?????
Não existe uma freqüência sexual desejável ou ideal, as pessoas têm desejos e ritmos diferentes em relação ao sexo....
Pensar em sexo é fundamental, quem não pensa em sexo tem seu desejo diminuído...
Por que alguns casais acabam se diferenciando tanto no ritmo desse desejo??????
Quando acaba a fase da paixão muitos se acomodam e investem pouco na vida sexual. Um dos fatores pode ser a maternidade que modifica a vida sexual do casal, pois passam a assumir o papel de pai e mãe. Alguns casais chegam ao absurdo de se chamarem de pai e mãe ao invés de amor, 'benhê' ou o próprio nome. Se ela estiver amamentando o nível de prolactina, hormônio que ajuda na produção do leite, estará alto e isso costuma reduzir o desejo sexual. Outra dificuldade e conciliar o papel de mãe e de mulher...
No caminho inverso os homens não conseguem conciliar a mulher sedutora com a figura da mãe. Esta fase dos papéis de pai e mãe pode durar dias, semanas ou até um ou dois anos....


Medicamentos
O uso de medicamentos, por exemplo, para hipertensão, diabetes, enxaqueca e antidepressivos e ansiolíticos podem diminuir o desejo sexual, dificultar a ereção e o orgasmo.
Então o que fazer???? Nunca pare seu tratamento, mas converse com seu médico sobre a possibilidade de trocar por outras drogas mais modernas, que possam ocasionar menos comprometimento na esfera sexual...


Estresse
O estresse e o excesso de atividades também podem interferir no desejo sexual. Se num casal um tem um ritmo alucinante de vida e o outro mais tranqüilo, poderá haver um descompasso no desejo sexual...
Mas muitos casais apresentam diferenças de desejo independentes dessas condições citadas...
Não podemos esquecer que o hormônio masculino - a testosterona é um forte estímulo ao desejo e é constante no homem, enquanto a mulher passa por oscilações hormonais mensais que podem interferir no desejo sexual.
No lado comportamental e preciso ver se mágoas do passado estão interferindo no desejo sexual. Uma terapia de casal pode ajudar a limpar essa 'lixeira emocional'.


Receita básica
Mas além disso, há uma receita básica, pensar em sexo, quem não pensa em sexo e não fantasia costuma ter seu desejo diminuído.
Se existe o interesse de resgatar o desejo, façam coisas agradáveis que faziam no tempo de namoro, seja no aspecto de lazer, como no aspecto sexual. Nesses casos a pessoa que tem seu desejo mais constante pode pensar:
"Vou ter que estimular o outro e ficar sem satisfação?" A masturbação e o uso de alguns acessórios sexuais podem ajudar a satisfazer esse parceiro (a) mais desejoso (a) e estimular a relação.
Se não estou a fim, devo fazer sexo para agradar o outro?
Ceder ou a idéia de sacrifício não devem estar associadas à sexualidade. Esse desejo pode e deve ser estimulado com prazer, criatividade, visando o desejo, mas não um sacrifício...
E trair, pode ser uma saída para quem tem um desejo mais constante????? Isso é um fator que gera muita discussão...existem casais que dizem ter melhorado a relação após uma pulada de cerca...outros acabaram em divórcio...Mas o fato é que hj existem muitas formas dos casais buscarem reaproximar-se, sejam em grupos de terapia, em terapias individuais, mas acima de tudo conversem, pois muitos prazeres podem ser vividos mesmo nas diferenças...

Tenham uma noite deliciosa....saudades de todos....bjs carinhosos...Mar

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

DESAFIO...ME CONHEÇA MELHOR....


Hj a postagem será diferente...recebi das minhas amigas e madrinhas do meu blog...felicidade a melhor terapia, A Miss Simpatia...que é a loira linda de viver que vcs conhecem muito bem, e a Neguinha...que é nossa amiga sorridente e linda do blog Desejos Insanos o desafio de responder 7 perguntas...com 7 respostas....Então vamos lá...

7 coisas que pretendo fazer antes de morrer:
Fazer um worshop com a Fátima Moura
Colocar a mochila nas costa e tchau...mundo aí vou eu...
Assistir a copa do mundo no estádio do meu Furacão
Viver um momento especial...com alguém especial...
Morar em Floripa
Fazer mais uma faculdade (psicologia)
Um encontro entre nós blogueiros queridos...

7 coisas que mais digo:
Ninguém merece...
Putz...
Não creio...
Só por Deus...
Fala Sério né...
Ah tá...
Tudo di bom...
Linda (o) de viver

7 coisas que faço bem:
Dirigir
fazer amor....ah nisso sou ótima...
Cozinhar
dançar
ser mãe
escrever
pintar quadros, telas, madeira...artes em geral

7 defeitos meus:
Perfeccionista
Protejo demais as pessoas que amo
Um tanto careta para certas coisas
Geniosa
Sou um tanto orgulhosa em certas coisas...o que é prejudicial em algumas situações...
Exigente
Mania de limpeza

7 coisa que amo:
Deus
Minha mãe eternamente...
Minha família...
Meu Furacão (Clube Atlético Paranaense)
Meus amigos
A vida
E um certo alguém especial

7 qualidades:
Amiga
Conselheira
Ouvinte
Educada
Sincera
Fiel (jamais vou trair um amigo (a) )
Independente

7 pessoas para fazerem o jogo do 7:
Ah...essa eu prefiro deixar a todos que desejam participar
só me avisem para que eu esteja visitando cada um tá...

Agradeço a Miss...minha madrinha e amiga que eu amo demais...do blog:
e a Neguinha do blog:
espero que tenham gostado minhas amadas...
Bjs carinhosos a todos...Mar...

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

PQ ELE NÃO FAZ SEXO ORAL EM MIM??????


Tenho recebido muitos e-mails de mulheres que muitas dúvidas a esse respeito....
Vejam esse exemplo:

Bom dia ,gostaria de tirar uma dúvida.
Quais seriam os possíveis motivos de um homem não querer fazer sexo oral na parceira?
tenho algumas suspeitas.
- Pode ter tido uma relação anterior traumática ( mal cheiro) em outro relacionamento.
- nunca ter feito
- sentir nojo
-alguma causa psicológica?
Ah! mas gosta que faça nele.

Um dia desses, eu assistia a um programa inglês que ajuda casais a terem mais intimidade em seu relacionamento... E calhou que era um casal exatamente assim, ele se permitia sexo oral, mas não fazia na esposa. Ela ficava frustrada, pois era limpinha, cheirosa, se arrumava toda, não era desleixada, mas o marido dela era, digamos, devagar... Devagar e egoísta.
Uma sexóloga entrevistou os dois, um separado do outro.,, Ela perguntou ao marido porque ele gostava de receber sexo oral e ele disse, porque é muito bom. E perguntado por que não fazia, ele respondeu: tenho nojo. Daí eu pergunto: e o pênis dele é imaculado?


Continuando, a sexóloga disse exatamente o que eu sempre digo... porque ele é merecedor e a mulher não?

 Ah, respondem certos homens, porque ela não precisa disso, ela goza com penetração. Ou seja, muitos homens acham que aquilo que tem no meio da perna é a fonte do prazer universal entre todas as mulheres do planeta. E acham que se a mulher geme, se contorce com penetração, menos trabalho pra ele. Eles se esquecem que o sexo ser bom depende de uma união de fatores, que envolvem duas pessoas (falando do sexo normal), a começar pela cumplicidade, por um querer o prazer do outro, por completo.
Ah, uma coisa interessante para aquele marido inglês, ele começou a fazer sexo oral na esposa, com uma camisinha de língua. E inventaram uma historinha, para que um se sentisse mais atraído e com tesão pelo outro. E ele percebeu o quanto a cumplicidade fazia bem aos dois. E ele foi aprendendo a fazer sexo oral, porque quem não faz, não sabe como agradar uma mulher.
Ou seja, a mulher teve que sentar na frente dele e perguntar por que ele não gostava e o que ela poderia fazer para que ele gostasse. Muitas vezes é o que temos que fazer na nossa vida, sentar e abrir o jogo, brincando, sério, procurando o melhor jeito possível, aquele que só o casal sabe, para chegar no outro. Pergunte a ele qual o motivo e mostre o quanto você gosta e o quanto ficaria mais feliz por receber o mesmo que você dá. Ou viva sem sexo e continue assim.
E nada melhor que um homem, que já conversou com outros homens a respeito, te dê um panorama sobre o assunto. Com a palavra...Marcio Luis Severo.

Sim, isso acontece muito. Muitos rapazes sentem nojo de tocar ali, mas gostam de ser tocados. Pois é... tudo isso tem muito a ver com o egoísmo. Eu complemento dizendo que essa reação tem muito a ver com a criação que o rapaz teve e com os traumas e medos que lhe foram incutidos na infância. Já conheci alguns rapazes que reclamavam disso. Sentiam nojo das parceiras, por mais limpas, asseadas e higiênicas que elas fossem. E eu reparei que existia um padrão.
Alguns dos rapazes que tinham esses problemas vinham de famílias muito tradicionalistas, onde o sexo não era discutido, onde se falava a palavra sexo apenas para dizer que ele é sujo e pecaminoso, quase que proibido.
Os outros tipos de rapazes que tinham esse tipo de problema eram aqueles que criados por pais ausentes e excessivamente permissivos e super protetores. Eles não tinham uma noção muito exata de como é o relacionamento entre duas pessoas. Sempre foram acostumados a pensar apenas em si mesmos e foram educados a não encostar-se à grama, a manter as mãos limpas, a não colocar nada na boca, a não andar descalços. Em resumo, eles foram preparados para ter medo e nojo de tudo o que não entendem.
Esses rapazes se importam apenas consigo mesmo. Pensar em dar prazer à parceira? Ora, para quê? Isso é uma coisa que nunca passa pela cabeça deles. Eles não foram educados para dar, apenas para receber. Não aprenderam que ela pode estar contando com eles para sentir prazer também, porque são um casal. Se a parceira quisesse se virar sozinha não o teria chamado para dividir a cama, e em muitos casos a vida, com ela.
Quando encontrava um caso assim eu costumava tentar entender o que acontecia. Conversava com esses rapazes e pedia para que me explicassem o porquê de eles agirem assim. O pior de tudo foi perceber que a grande maioria nem percebia que o que faziam era ruim. Foram de tal forma condicionados e olhar apenas para o próprio umbigo que não conseguiam enxergar o umbigo alheio.
Muitos conseguiram ser inteligentes o suficiente para entender que poderiam melhorar. Outros melhoraram por medo de perder a parceira. Infelizmente para alguns a idéia de passar por cima de um nojo irracional para dar prazer à parceira, era por demais estranha e nesses casos restou à parceira escolher a resignação ou a separação.
A maioria separou-se.
E vcs...o que acham disso???? Meninas vcs já se relacionaram com um homem com esse comportamento???? Conte aqui como foi sua experiência....
Queridos me desculpem a ausência...estava viajando...estarei atualizando os blogs e visitando cada um...
Uma linda semana para todos...bjs carinhosos...Mar...

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

A FANTASIA SEXUAL DO HOMEM...

Meninas hj vou postar para vcs...e dizer que vale tudo sim quando o assunto é dar e sentir muito
prazer em uma relação...nada de ficar com vergonha, ou se prendem em tabus...pois enquanto vc
se apega a essas neuras...a vizinha fica toda a vontade com seu parceiro...então fica esperta...
É fato que muitas mulheres, inclusive as mais jovens e ‘modernas’, querem saber mais sobre os desejos masculinos para obter mais sintonia sexual...

A maioria concorda que ‘entre quatro paredes vale tudo’ mas no geral os casais acabam vivendo poucas variações e caem na temida rotina...
Porque isso acontece?
Muitos, apesar de tantas informações, desconhecem seus desejos ou não acreditam que seu parceiro também tenha essas fantasias...
Por isso resolvi escrever sobre fetiches masculinos...
Essas fantasias podem fazer parte de ‘brincadeiras’ e incrementar o erotismo na relação...
A fantasia número um dos homens é a de transar com duas mulheres. No final do texto estão as três preferidas entre os brasileiros segundo a SBRASH - Sociedade Brasileira de Estudos em Sexologia Humana.


O ménage traz à tona medo e insegurança na maioria das mulheres. Uma terceira pessoa poderá fragilizar a autoestima e autoconfiança em relação ao vínculo afetivo e à imagem corporal.
Tudo isso costuma deixar as mulheres resistentes a essa experiência... Mas existem aquelas que resistem por perceber uma excitabilidade excessiva nessa possibilidade de estar intimamente com outra mulher... A realização dessa fantasia implica numa relação de confiança pessoal e interpessoal, mas não deve ser tomada por pressão ou medo de que o outro busque sozinho esse prazer...

Fantasia na fantasia


Um dos caminhos que pode trazer excitação e envolvimento pode ser o de viver essa fantasia na fantasia, imaginado que a sua mulher é outra pessoa ou que há uma terceira pessoa na relação. Uma dica importante: procure não incluir nessas fantasias imaginárias a participação de pessoas conhecidas, pois isso costuma deixar as mulheres mais inseguras do que excitadas...
Muitos homens desejariam ser surpreendidos por uma sessão de sexo com apetrechos. Pode ser um ‘vibrador’, uma lingerie ousada de couro, máscara, venda.
Alguns relatam que adorariam ficar de olhos vendados enquanto a mulher espalha mel, chantily, gelo, chocolate quente derretido, etc, em caminhos inusitados até chegar num sexo oral caprichado.
Grande parcela dos homens reclama que suas parceiras têm receio ou nojo de sexo oral. No sexo oral pode-se contaminar com muitas doenças sexualmente transmissíveis, inclusive AIDS. Por isso, use camisinha – sempre!
Muitos desejam ver a sua parceira ‘fissurada’ pelo pênis, pois isso intensifica o tesão. Por que não brincar com vários tipos de preservativos, coloridos, fluorescentes e com sabor?
Muitos gostariam de sentir-se dominados na hora da transa, de ser algemados, amarrados... Mas até que ponto essa fantasia vale a pena? Pode ser uma brincadeira excitante, uma sacanagem estimulante, só não vale violência ou algo que desagrade o parceiro. Aliás, esse limite de dor e desagrado tem de ser respeitado em nome do vínculo de confiança na relação...


Fetiches como o de ser seduzido por uma mulher nua, ou com uma lingerie sensual e de salto alto são muito frequentes...
Há o desejo de muitos de que sua parceira sinta vontade de praticar sexo anal. Outros têm o desejo de pedir carícias na região anal, mas não pedem por medo de ter sua masculinidade questionada. Esses receios precisam ser desmistificados, a região perianal apresenta alta sensibilidade e grande eroticidade.
Cabe ao casal começar a ousar e realizar com um pouco mais de envolvimento o prazer sexual. Ainda existem mulheres que deixam essa responsabilidade para os homens, elas também têm de participar. Boa sorte nas ousadias!!!!!!
E sem frescura ok...pois sexo tem que ser vivido em toda a sua plenitude...esqueça a dama que vc é na sociedade...e deixe seu lado puta dominar vc no momento do sexo...e nem venha me dizer que mulher não
tem um lado puta...pois se vc não tem....sorry...mas seu parceiro deve estar se fartando com uma que seja
A PUTA....simples assim....

Fantasias masculinas
200 homens, entre 16 e 59 anos


47% transar com duas mulheres ao mesmo tempo
21% fazer sexo com mulheres famosas
12% fazer sexo grupal

Fonte: SBRASH - Sociedade Brasileira de Estudos em Sexologia Humana

Hj estou atendendo a muitos e-mails que me foram enviados pediando para postar sobre as fantasias
masculinas...e para as que pediram para postar sobre meu curso Noite dos Desejos Secretos Masculinos
vou ficar devendo...mas vou estar dando dicas por aqui....
Meninas parem de frescura e se libertem dessas neuras de não se entregarem de corpo e alma no sexo...
Vcs estão se guardando para que ou para quem???? Presta atenção...se acabe com seu parceiro...use e abuse dos brinquedos eróticos, dos cosméticos, bebidas, comidas, posições...enfim...se entregue a experiência de proporcionar uma noite inesquecível ao seu parceiro...ele pode não ser o príncipe que vc espera...mas com certeza vc se tornará uma mulher inesquecível na vida dele...a Prof. aqui sabe o que está
falando....então aproveite menina...
E para começar a noite comece com o strip tease da lanterna...se alguém não conhece e quiser as dicas
pode me pedir que eu repasso todo o passo a passo...
Agora é com vcs meninas...e vcs meninos...aproveitem muitooooo...
Ah...quero agradecer o carinho de todos os meus queridos...pois vc não me abandonam nunca....e estou encantada com a preocupação de muitos nesses dias que andei down...vcs são tudo di bom....
Linda noite...bjs carinhosos...Mar...

domingo, 7 de novembro de 2010

VC FINGE NA HORA DA TRANSA?????

"A mulher que todo dia repete caras e bocas, gemidos, gritos ou uivos, sempre no mesmo padrão. É bom observar se os sinais de excitabilidade estão presentes, pois se você perceber esse clima teatral, é hora de se perguntar se você está colaborando para que a outra pessoa possa ser autêntica e até assumir uma dificuldade para atingir o orgasmo"
Muitos falam de sexo, orgasmo, novas posições, o que atrai e excita... Mas pouco se fala do comportamento frente ao prazer, principalmente do comportamento de gritar e gemer...


É muito grande o número de mulheres, para espanto dos homens, que finge o orgasmo. Já que cerca de 1/3 delas não consegue atingi-lo. Este índice já está tão incorporado por nós especialistas no assunto, que não há uma fonte específica para citar. Para muitas isso é tão natural, que elas dizem nunca terem dado chance para o parceiro desconfiar...


“É só gemer baixinho e depois aumentar a intensidade, morder o lábio, dar uns gritinhos e depois me deixar cair dengosa que ele acredita”,
diz M.L (32), representante comercial, que está de namorado novo há 3 meses. Ela veio em busca de terapia sexual, pois está cansada de dar ao outro o prazer, mas de nunca conseguir vivê-lo.
Mas de onde vem essa idéia de gemer e fingir orgasmo?
Em meados dos anos 1960, a liberação sexual possibilitou a mulher falar de sexo e prazer. Muitos dos filmes, desde a pornochanchada, até os mais explícitos, passaram a exibir uma mulher que desejava sexo e demonstrava seu prazer gemendo ou até urrando...

Esses filmes foram uma ‘escola de sexo’ para a maioria dos jovens a partir dos anos 60/70, sobre como se comportar e, principalmente, sobre o comportamento da mulher em sentir prazer. Para a mulher essa “escola” representou também uma forma de sinalizar ao homem como ele é 'poderoso' na sedução...
Aliás, esse comportamento um tanto teatral de gemer e gritar é muito freqüente em garotas de programa, que querem deixar os clientes excitados, sentirem seu poder em dar prazer e fazê-los gozar para findar o programa, pois ali, tempo é dinheiro...


Durante o orgasmo, que dura poucos segundos, alguns gemidos são normais, pelas alterações respiratória e cardíaca da mulher, que podem chegar a níveis muito altos...


Segundo a Dra. Franciele Minoto, ginecologista e terapeuta sexual, "A gritaria pode até ser sincera, mas não é uma reação fisiológica. A mulher não tem discernimento para medir palavras nessa hora", diz.
Alguns sinais podem dizer ao homem se a mulher atingiu o orgasmo
• Os batimentos cardíacos podem chegar a 160 por minuto;
• O rosto, o pescoço e o peito da mulher ficam vermelhos, isso é conseqüência de uma vasodilatação do sistema nervoso central;
• A musculatura do períneo, região entre o ânus e a vagina, tende a sofrer diversas contrações;
• Logo após o orgasmo há uma sensação de relaxamento corporal intenso.
O orgasmo feminino tende a ser mais demorado para se alcançar do que o masculino, devido a uma questão multifatorial relacionada a hormônios, aprendizagem corporal e biologia feminina. Por isso a mulher precisa de estímulos diferentes. Daí vem a importância das preliminares, que promovem um estado de excitação...
Caminho para o orgasmo
O caminho para o orgasmo feminino vem através de carícias, beijo, olho no olho, cheiro, sentir -se desejado e desejante. Esse caminho não pode
ser rápido demais, pois ele é um prazer tão ou mais importante que o orgasmo rapidinho. Alguns parceiros, machistas ou muito inexperientes, muitas vezes são omissos ou pouco investem nas preliminares: lembrem-se, muitos beijos - não é selinho - carinhos, mordiscadas e sem roteiro pré-definido - beijo na boca, nuca, pescoço, desce para mamas, carícias no corpo, sexo oral, para daí chegar à penetração...

Orgasmo começa na mente...
O orgasmo começa na mente. Por isso é preciso pensar em sexo, pensar com desejo naquela pessoa. Se ela estiver pensando em outros problemas como trabalho, dinheiro, rendimento escolar dos filhos... tudo isso desvia a atenção e essa mulher fica sem a possibilidade de começar ativar sua libido através de pensamentos e carícias.
Cerca de 30% das mulheres não atinge o orgasmo
Estima-se que perto de 30% das mulheres tenham disfunção orgástica, ou seja, não conseguem atingir o orgasmo. Mas isso não significa que as mulheres finjam orgasmo para enganar os homens. A maioria delas faz isso para agradá-los. Mas se tem alguém que está se enganando é ela mesma...
Eles também fazem cobranças em relação ao orgasmo. Elas preferem fingir para acabar logo com aquela relação que não dá prazer, pois não têm estimulo para sentir-se desejada de fato. Mas cuidado para não achar que sua parceira não possa expressar seu prazer de forma mais intensa. Pode sim, muitas mulheres podem gritar, urrar, e gemer de prazer. Às vezes mais, outras vezes mais timidamente, mas talvez seja a forma que ela achou de expressar sua sexualidade, e é muito positivo quando acontece naturalmente...
Mas não dá para deixar de alertar sobre a mulher que todo dia repete caras e bocas, gemidos, gritos ou uivos, sempre no mesmo padrão... É bom observar se os sinais de excitabilidade estão presentes, pois se você perceber esse clima teatral, é hora de se perguntar se você está colaborando para que a outra pessoa possa ser autêntica e muitas vezes até assumir uma dificuldade para atingir o orgasmo e buscar ajuda para chegar lá...
Queridos uma linda noite e uma semana deliciosa a todos....Bjs carinhosos...Mar...

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

ZONAS ERÓGENAS...

Muito se fala sobre ter tesão, fazer sexo, ter orgasmos (e múltiplos!), ser sexualmente liberada. Mas aprender a viver os prazeres corporais desencadeia muitas questões: onde encontrar pontos ou áreas prazerosas no corpo??? Existe mesmo o ponto G???? Onde fica?????
Essas perguntas são trazidas por pessoas de todas as idades: adolescentes que iniciam sua vida sexual, adultos desejosos de potencializar o prazer e quem está em idade avançada querendo reavivá-lo.
Muitas são as áreas corporais conhecidas como zonas erógenas, são partes do corpo que apresentam uma sensação extra de prazer.
Nas mulheres, em geral, essas áreas estão:

- nos seios, barriga, parte interna das coxas, na área que circunda a vagina e no clitóris...

Muitas mulheres também elegem a nuca como área de prazer embora a maioria não goste que parceiros se aproximem das orelhas...
Em relação ao ponto G, o ginecologista Ernest Grafenberg (1881-1957) descreveu um ponto de maior sensibilidade dentro da vagina que seria incitador de um prazer intenso. Há divergências quanto à existência desse ponto existir em todas as mulheres. Esse ponto estaria localizado em uma pequena área acessível uns quatro centímetros para dentro da vagina. Como muitas mulheres não conseguem identificá-lo, isso faz com que muitos médicos e sexólogos não coloquem esse ponto G (de Grafenberg) como uma área certeira do prazer da mulher...

Nos homens existe uma ‘aprendizagem’ que foca mais nas sensações que vêm da região genital:
- no pênis, na glande - cabeça do pênis, e nos testículos, embora a região de períneo (trecho entre a bolsa escrotal e o ânus) tenha alta sensibilidade...

Muitos homens têm dificuldade de relaxar e aproveitar o prazer que pode ocorrer com carícias nessa região, pois muitos acreditam – erroneamente que o fato de ser uma região próxima ao ânus, possa trazer uma impressão de pouca masculinidade ou de desejos homossexuais...


Mas além dessas áreas corporais, homens e mulheres quando se permitem em uma relação de intimidade viver e desfrutar de carícias, toques, brincar com posições novas, lugares diferentes, sensações – seja uso de uma pluma, um gelo, um creme que aquece, outro que resfria (esses de gel com mentol), sem roteiro a ser seguido, para não correr o risco de uma rotina sexual; esse tipo de descoberta é o que permite que o prazer da excitabilidade esteja sempre presente...


Receita de prazer sempre inclui bom humor, reservatório de mágoas o mais esvaziado possível, autoestima para soltar o corpo em poses ou sensações sem medo ou vergonha do parceiro, e claro, a cumplicidade que a intimidade pode ajudar a criar sempre auxilia a intensificar o prazer!!!!!!
Meninos...entendam por favor que o clitóris não é campainha, para ser pressionado até a emissão do som... e nem helicóptero, para ser girado e nos tirar do chão... é sensível...
Menos é mais nesse caso, ok??????Estou escrevendo uma matéria sobre isso...e vou postar na próxima semana...mas peço a vcs que prestem mais atenção nos movimentos que costumam fazer....pois em todo curso de preliminares que ministro
é a mesma coisa...as meninas reclamam muito em relação a isso...mas vcs não aceitam muito bem esse comentário...pois eu falo sobre isso na palestra que ministro só para homens e vcs não admitem que isso aconteça....tá bom...faz de conta que eu não tenho uma espécie
dessa aqui na minha casa....rsrsrs...
Meninas...a dica foi dada....
Saudades de vcs queridos....obrigada pelo carinho de todos....nossa...vcs estão sempre
me ajudando e não me deixam ficar down por muito tempo...obrigada de verdade....
Linda noite e um final semana delicioso a todos...bjs carinhosos...Mar... 

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

DIÁRIO DE UMA PERERECA DEPILADA...HILÁRIO RSRSRS....

Diário de uma perereca depilada
"Tenta sim. Vai ficar lindo."
Foi assim que decidi, por livre e espontânea pressão de amigas, me render à depilação na virilha. Falaram que eu ia me sentir dez quilos mais leve, mas acho que pentelho não pesa tanto assim.
Disseram que meu namorado ia amar, que eu nunca mais ia querer outra coisa.
Eu imaginava que ia doer porque elas ao menos me avisaram que isso aconteceria.
Mas não esperava que por trás disso, e bota por trás nisso, havia toda uma indústria pornô-ginecológica-estética.
- Oi, queria marcar depilação com a Penélope.
- Vai depilar o quê?
- Virilha.
- Normal ou cavada?
Parei aí. Eu lá sabia o que seria uma virilha cavada. Mas já que era pra fazer, quis fazer direito.
- Cavada mesmo.
- Amanhã, às.... Deixa eu ver...13h?
- Ok. Marcado.
Chegou o dia em que perderia dez quilos. Almocei coisas leves porque sabia lá o que me esperava, coloquei roupas bonitas, assim, pra ficar chique. Escolhi uma calcinha apresentável. E lá fui.
Assim que cheguei, Penélope estava esperando. Moça alta, mulata, bonitona. Oba, vou ficar que nem ela, legal.
Pediu que eu a seguisse até o local onde o ritual seria realizado.
Saímos da sala de espera e logo entrei num longo corredor. De um lado a parede e do outro, várias cortinas brancas. Por trás delas ouvia gemidos, gritos, conversas.


Uma mistura de Calígula com O Albergue.
Já senti um frio na barriga ali mesmo, sem desabotoar nem um botão. Eis que chegamos ao nosso cantinho: uma maca, cercada de cortinas.
- Querida, pode deitar.
Tirei a calça e, timidamente, fiquei lá estirada de calcinha na maca.


Mas a Penélope mal olhou pra mim. Virou de costas e ficou de frente pra uma mesinha. Ali estavam os aparelhos de tortura.
Vi coisas estranhas. Uma panela, uma máquina de cortar cabelo, uma pinça.
Meu Deus, era O Albergue mesmo.

De repente, ela vem com um barbante na mão. Fingi que era natural e sabia o que ela faria com aquilo, mas fiquei surpresa quando ela passou a cordinha pelas laterais da calcinha e a amarrou bem forte.
- Quer bem cavada?
- É... é, isso.
Penélope, então, deixou a calcinha tampando apenas uma fina faixa da Abigail, nome carinhoso de meu órgão, esqueci de apresentar antes.
- Os pêlos estão altos demais. Vou cortar um pouco, senão vai doer mais ainda.
- Ah, sim, claro.
Claro nada, não entendia p-o-r-r-a nenhuma do que ela fazia. Mas confiei.
De repente, ela volta da mesinha de tortura com uma espátula melada de um líquido viscoso e quente (via pela fumaça).
- Pode abrir as pernas.
- Assim?
- Não, querida. Que nem borboleta, sabe? Dobra os joelhos e depois joga cada perna pra um lado.
- Ar-re-ga-nha-da, né?
Ela riu. Que situação.
E então, Pê passou a primeira camada de cera quente em minha virilha virgem.
Gostoso, quentinho, agradável. Até a hora de puxar.


Foi rápido e fatal. Achei que toda a pele de meu corpo tivesse saído, que apenas minha ossada havia sobrado na maca.
Não tive coragem de olhar. Achei que havia sangue jorrando até o teto.


Até procurei minha bolsa com os olhos, já cogitando a possibilidade de ligar para o Samu.
Tudo isso buscando me concentrar em minha expressão, para fingir que era tudo supernatural.
Penélope perguntou se estava tudo bem quando me notou roxa. Eu havia esquecido de respirar. Tinha medo de que doesse mais.

- Tudo ótimo. E você?


Ela riu de novo como quem pensa "que garota estranha". Mas deve ter aprendido a ser simpática para manter clientes.


O processo medieval continuou. A cada puxada eu tinha vontade de espancar Penélope. Lembrava de minhas amigas recomendando a depilação e imaginava que era tudo uma grande sacanagem, só pra me fazer sofrer.
Todas recomendam a todas porque se cansam de sofrer sozinhas.
- Quer que tire dos lábios?
- Não, eu quero só virilha, bigode não.
- Não, querida, os lábios dela aqui ó.
Não, não, pára tudo. Depilar os tais grandes lábios? Putz, que idéia.
Mas topei. Quem está na maca tem que se fuder mesmo.
- Ah, arranca aí. Faz isso valer a pena, por favor.
Não bastasse minha condição, a depiladora do lado invade o cafofinho de Penélope e dá uma conferida na Abigail.
- Olha, tá ficando linda essa depilação. Menina, mas tá cheio de encravado aqui.
Olha de perto.
Se tivesse sobrado algum pen-te-lhi-nho, ele teria balançado com a respiração das duas. Estavam bem perto dali.
Cerrei os olhos e pedi que fosse um pesadelo. "Me leva daqui, Deus, me teletransporta". Só voltei à terra quando entre uns blá-blá-blás ouvi a palavra pinça.
- Vou dar uma pinçada aqui porque ficaram um pelinhos, tá?
- Pode pinçar, tá tudo dormente mesmo, tô sentindo nada.
Estava enganada.
Senti cada picadinha daquela pinça filha da mãe arrancar cabelinhos resistentes da pele já dolorida. E quis matá-la. Mas mal sabia que o motivo para isso ainda estava por vir.
- Vamos ficar de lado agora?
- Hein?
- Deitar de lado pra fazer a parte cavada.
Pior não podia ficar. Obedeci a Penélope. Deitei de ladinho e fiquei esperando novas ordens.
- Segura sua bunda aqui?
- Hein?
- Essa banda aqui de cima, puxa ela pra afastar da outra banda.
Tive vontade de chorar. Eu não podia ver o que Pê via. Mas ela estava de cara para ele, o "olho que nada vê". Quantos haviam visto, à luz do dia, aquela cena? Nem minha ginecologista. Quis chorar, gritar, pei-dar na cara dela, como se pudesse envenená-la. Fiquei pensando nela acordando à noite com um pesadelo. O marido perguntaria:
- Tudo bem, Pê?
- Sim... sonhei de novo com o c-u de uma cliente.
Mas de repente fui novamente trazida para a realidade. Senti o aconchego falso da cera quente besuntando meu Twin Peaks.
Não sabia se ficava com mais medo da puxada ou com vergonha da situação.
Sei que ela deve ver mil c-us por dia. Aliás, isso até alivia minha situação. Por que ela lembraria justamente do meu entre tantos? E aí me veio o pensamento: peraí, mas tem cabelo lá? Fui impedida de desfiar o questionamento. Pê puxou a cera. Achei que a bun-da tivesse ido toda embora. Num puxão só, Pê arrancou qualquer coisa que tivesse ali. Com certeza não havia nem uma preguinha mais pra contar a história. Mordia o travesseiro e grunhia ao mesmo tempo. Sons guturais, xin-ga-men-tos, preces, tudo junto.
- Vira agora do outro lado.
Por-ra.. Por que não arrancou tudo de uma vez? Virei e segurei novamente a bandinha. E então, piora. A broaca da salinha do lado novamente abre a cortina.
- Penélope empresta um chumaço de algodão?
Apenas uma lágrima solitária escorreu de meus olhos. Era dor demais, vergonha demais. Aquilo não fazia sentido. Estava me depilando pra quem?
Ninguém ia ver o tobinha tão de perto daquele jeito. Só mesmo Penélope.
E agora a vizinha inconveniente.
- Terminamos. Pode virar que vou passar maquininha.
- Máquina de quê?!
- Pra deixar ela com o pêlo baixinho, que nem campo de futebol.
- Dói?
- Dói nada.
- Tá, passa essa me-rda...
- Baixa a calcinha, por favor.
Foram dois segundos de choque extremo. Baixe a calcinha, como alguém fala isso sem antes pegar no peitinho? Mas o choque foi substituído por uma total redenção.
Ela viu tudo, da perereca ao c-u. O que seria baixar a calcinha? E essa parte não doeu mesmo, foi até bem agradável.
- Prontinha. Posso passar um talco?
- Pode, vai lá, deixa a bicha grisalha.
- Tá linda! Pode namorar muito agora.
Namorar...namorar... eu estava com sede de vingança.
Admito que o resultado é bonito, lisinho, sedoso. Mas doía e incomodava demais. Queria matar minhas amigas. Queria virar feminista, morrer peluda, protestar contra isso. Queria fazer passeatas, criar uma lei antidepilação cavada e matar o primeiro homem que ver e não comentar absolutamente nada.!!! Não fiz nada disso... Um mês depois...
- Normal ou cavada?
Coisas de perereca, vai entender...
Queridos dei boas risadas com esse texto que me enviaram por e-mail....e não poderia
deixar de postar aqui...Miss...vc vai amar...a Crys então....nossa....essas minhas amigas loiras
vão se acabar de tanto rir....
Meninos...vejam só o que nós sofremos....rsrsrs....fala sério.....
Linda noite....bjs carinhosos...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails