sábado, 16 de outubro de 2010

PQ O SEXO É REPRIMIDO???????

Você acredita mesmo que hoje exista liberdade sexual? Que as pessoas busquem desenvolver ao máximo o prazer? Apesar de um grande número de homens e mulheres buscar relações sexuais mais livres, respeitando os próprios desejos, uma grande parcela da população ainda se submete a valores morais anacrônicos, sem nenhum questionamento.
O sexo é ainda tão reprimido, tão cheio de tabus e preconceitos, que a maioria não sabe diferenciar o que realmente deseja do que aprendeu a desejar. Quantas vezes você ouviu uma amiga afirmar, após ter ficado de carícias e beijos a noite inteira com um homem, que não foi ao motel porque não sentiu vontade? Ou um amigo dizer que não está a fim de sair com determinada mulher, quando no fundo o medo é de falhar a ereção?
A repressão sexual é um conjunto de interdições, valores e regras estabelecidas pelo social para controlar a sexualidade das pessoas. O maior perigo da repressão sexual é quando, de tão bem-sucedida, não se percebe sua existência. Por meio da educação, os valores e as proibições sociais são assimilados de tal maneira que, depois de internalizados, se expressam sob a forma de culpa e vergonha. E a ideia de que há no sexo algo de pecaminoso é absurda, causando sofrimentos que se iniciam na infância e continuam pela vida afora. Desde cedo, as crianças aprendem a associar sexo a algo sujo, perigoso. E dentro das famílias essa ideia ainda ganha um reforço. Por conta de todos os preconceitos, se vive como se sexo não existisse, e ninguém fala com tranquilidade sobre o assunto.

Na verdade, a repressão sexual é um enigma estranho e paradoxal. Se todo ser humano sente prazer com estímulos sexuais, por que então, o tempo todo e em toda parte, sempre existe alguém tentando restringir a liberdade sexual das pessoas? Uma explicação possível está no fato de que, quanto mais se amplia, aprofunda e diversifica a vida sexual, com mais coragem, vontade e decisão se vai vivendo. Transgredir e contestar as regras impostas pode, portanto, tornar as pessoas “perigosas”.
W. Reich, profundo estudioso da sexualidade humana na primeira metade do século XX, vai mais longe ainda. Ele afirma que a repressão sexual da criança torna-a apreensiva, tímida, obediente, “simpática” e “bem comportada”, produzindo indivíduos submissos, com medo da autoridade. O recalcamento — resultado da interiorização da repressão sexual — enfraquece o ‘Eu’ porque a pessoa, tendo que constantemente investir energia para impedir a expressão dos seus desejos sexuais, priva-se de parte de suas potencialidades.
Portanto, conclui Reich, o objetivo da repressão sexual consiste em fabricar indivíduos para se adaptar à sociedade autoritária, se submetendo a ela e temendo a liberdade, apesar de todo o sofrimento e humilhação de que são vítimas. James W. Prescott, respeitado neuropsicólogo e pesquisador americano, concluiu que uma personalidade orientada para o prazer raramente exibe condutas violentas ou agressivas e que uma personalidade violenta tem pouca capacidade para tolerar, experimentar ou desfrutar atividades sexualmente prazerosas.
Ao contrário de outras culturas, em que alcançar o máximo de satisfação no sexo é importante, a nossa cultura judaico-cristã valoriza mais o sofrimento, considerando-o uma virtude. O prazer é visto com maus olhos. Se você quiser comprovar, basta fazer uma experiência. Quando chegar amanhã ao trabalho, conte uma desgraça, daquelas bem cabeludas. Diga como está sofrendo e como viver é difícil. Garanto que todos vão se mobilizar, ficar ao seu lado, tentando ajudar de todas as maneiras. Daqui a uma semana, faça o oposto. Conte como está feliz, diga que teve uma noite maravilhosa, de intenso prazer sexual. Mas se prepare. Seus colegas vão tentar disfarçar, mas se afastarão com risinhos irônicos e passarão a te olhar diferente, de um jeito meio crítico.
Não é de admirar, portanto, que tanta gente renuncie à sexualidade ou que a atividade sexual que se exerce na nossa cultura seja de tão baixa qualidade. Na maioria das vezes ela é praticada como uma ação mecânica, rotineira, desprovida de emoção, com o único objetivo de atingir o orgasmo o mais rápido possível. Resulta daí ser o desempenho bastante ansioso, podendo levar a um bloqueio emocional e a vários tipos de disfunção, como impotência, ejaculação precoce, ausência de desejo e de orgasmo, sem falar nos casos mais graves de enfermidades psíquicas. É preciso descomplicar o sexo.
  Fonte: Regina Navarro
Queridos eu estou com muitos e-mails pendentes sobre esse assunto, aquela postagem do Jota mexeu
com as meninas...mas eu já esparava por isso...infelizmente o sexo é ainda muito reprimido sim, e para
nós mulheres pior ainda, se vc tem uma mente aberta e uma boa estrutura para lidar com o sexo sem outra
intenção que seja a de somente viver um bom momento, somos tachadas de putas, safadas, galinhas e por aí vai, agora se nos afastamos quando alguém fala qualquer coisa sobre sexo, nossa...somos beatas....
Então fica mesmo complicado ter uma postura diante da sociedade...
E mulher que não é safada hj...é frigida...é isso mesmo....não falo que vc tenha que sair dando para todo
mundo...mas entre 4 paredes...ah....libera e seja feliz.....
Então com esse artigo estou respondendo a muitos e-mails relacionados a postagem do Jota Ene, que foi
uma loucura...Jotinha vc não sabe o que rolou por aqui....rsrsrs...encheram minha caixa de e-mail rsrsrs...
Muito legal essa troca de informações entre blogueiros e amigos, e o mais legal disso é que o Jotinha mora em Lisboa então podemos saber como nossos amigos de lá pensam sobre isso...e podem apostar que eles estão anos luz a nossa frente.....mas tenho esperança que vamos chegar lá...
Queridos um ótimo dia e um findi delicioso....quero deixar um bj e um abraço especial para meu aluno
nota 10 e amigo querido o Leo (Cond Vlad), que está dodoí...meu menino sapeca...se cuide hein, e mande notícias mais tarde por e-mail....adoro vc menino.
Um bj também a minhas madrinhas...amo as 4...a nossa Miss que voltou com toda a corda...e vai amarrar
a Pat, hahaha..."Jesus apaga a luz, me abana e chicoteia"...essa é frase da Miss que eu amooooo, rsrsrs...
Gente alguém me de notícias da Crys...ela sumiuuuuuuu...minha loira kd vc???? A Pat também evaporou
deve estar dançando em algum lugar ou agarra a umas cordas...aiaiai...o que vc me diz Miss??????
Gente obrigada por tudo sempreeeee.....vcs são a minha melhor terapia...podem ter certeza.....
Bjs carinhosos...Mar...

9 comentários:

  1. Como tudo na vida, e principalmente no que se refere a sexo, existe a hipocrisia.
    Não, não acredito na liberdade sexual, é mito, ainda existe ou vc é moça de família, mulher honesta ou é vadia, puta!
    Por isso tanta gente se utiliza de sites ou blogs sexuais, para liberar seus desejos e fantasias sem compromisso ou culpa.
    Bjs doces e um maravilhoso find!

    ResponderExcluir
  2. Oi Mar!
    Infelizmente é assim mesmo! As pessoas se interiorizam e se deixam abandonar nos tabus e preconceitos, as vezes por deficiencia propria para criar coragem e jogar eles para o alto, as vezes por puro comodismo.
    Quanto as tuas madrinhas, eu não tenho notícias, aliás nõ só elas, mas há muitas outras sumidas.
    BJOS
    Lena

    ResponderExcluir
  3. nem fale em repressao viu, o mal é praticado à luz do dia, as pessoas quase ja se acostumam com isso... já sexo é tabu, blogs q tratam do aassunto geralmente é sob codinomes, por medo de represálias, de serem taxados de nomes horrendos... mas um dia isso deve acabar. Assim espero, bjs

    ResponderExcluir
  4. Ola delicinha!
    Pior que te muitas mulheres q são submissas e nao exercem a sexualidade na integra!
    BJSSS
    LEO

    ResponderExcluir
  5. eu acho que hoje é tudo aberto sim, qdo era adolescente nem se pensava em sexo antes de casar, casei virgem e nunca tive prazer até conhecer meu atual marido.

    ResponderExcluir
  6. Ahhh,minha linda...só vc,com estes posts fodasticos...
    E como vc ta hein?
    Beijos da madrinha

    ResponderExcluir
  7. ººº
    Oi Marcia... não imaginava que meu post ia dar azo a tantos e-mail's. É bom sinal, as pessoas querem ser esclarecidas e ninguém melhor que vc.

    Corroboro totalmente com o teu texto inicial sobre o sexo ser ou não reprimido, assim como não considero que na 2ª parte do teu texto, ninguém está a anos luz de ninguém.

    Cada caso é um caso, penso até por experiência própria (rs) que os nossos povos estão bem equiparados em matéria de sexo e respectivo preconceito.

    Bjoo minha querida, vc é uma lufada de ar fresco nesta blogosfera e nestas temáticas tão importantes para informar todos nós.

    ResponderExcluir
  8. Mar...

    Professora e não é que tu foi muito feliz no exemplo do trabalho. As pessoas dão maior valor a tragédia do que na alegria das pessoas. Cruzes... isso é assustador.

    Tudo culpa da maldita igreja católica na idade média, que impunha o controle nas pessoas usando de terror inibindo a sexualidade. Mais... na europa isso já não existe mais... quero saber até quando aqui no Brasil vamos continuar com estes pensamentos retrógrados.

    Ah... estou melhorando um pouquinho a cada dia. rsrs... de ontem para hoje eu já não tive mais febres.

    Beijos lindona.
    Conde.

    ResponderExcluir
  9. Ola minha querida acho que infelizmente ainda estamos presos aos preconceitos, muito se evoluiu nestes anos mas o sexo ainda e visto como tabu em muitas familias....Poucos sao as pessoas que aceitam viver e encarar a sexualidade numa boa.

    beijos joao

    ResponderExcluir

Compartilhe desejos...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails