segunda-feira, 12 de abril de 2010

Apenas me tenha...

Não me julgue, apenas me tenha.


Deseje meu corpo, suga minha boca

Com a sua língua atrevida

Rasgue-me a roupa, me deixe maluca

Faça-me escrava da tua vontade

Transgrida todas as formas

Aguça-me, tira a razão.

Desaba sobre meu corpo

Teu desejo, tua paixão.

Abra-me os braços

Traga-me junto a ti

Enlouqueça-me,

Acenda a chama e me ama.

Com a boca molhada,

Sinta meu gosto

Com mão ousada

Acaricie meu rosto

Causa-me tremor

Invada-me

Suspire, respire

Não me julgue, apenas me tenha...


             Bjs...Mar...

6 comentários:

  1. Ótimo texto amiga...estou retribuindo a visita e te seguindo tambem, e seu blog tmb está show...bjs carinhosos...

    ResponderExcluir
  2. Obrigada querida...fico muito feliz com sua visita...e vamos seguir juntas nessa caminhada...
    Tenha um ótimo fim de tarde...
    Bjs...

    ResponderExcluir
  3. Olá MAR...

    Retribuo sua visita e comentário,
    qu7e muito me agradou, estou aqui analisando seu espaço e seus textos. Este poema profundamente intenso, é uma verdadeira sedução.
    E voc^já me seduziu a ficar por aqui. rsrs

    Beijos

    Alvaro

    ResponderExcluir
  4. Amiga MAR...

    Aqui me tem de novo através de meu outro blog. Foi tal a sedução que não resisti.

    Beijos

    Alvaro

    ResponderExcluir
  5. Alvaro adorei saber que já te seduzi, rsrsrs...obrigada pelo carinho querido...vc é uma pessoa iluminada mesmo...
    Já estoua te seguir nos dois blogs...bjs querido e apareça sempre....

    ResponderExcluir
  6. Delicioso seu blog
    Vou voltar sempreee !!!
    Bjsssssssssssss

    ResponderExcluir

Compartilhe desejos...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails